Notícia


Consenso Brasileiro de Nutrição em TCTH lança primeiro artigo voltado aos cuidados com os idosos

Atualizado em: 26/08/2019


Elaborado com apoio da SBTMO, o artigo foi publicado no “Einstein” – o periódico científico oficial do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein 

Como deve ser a nutrição dentro do contexto pré, durante e pós transplante de células-tronco hematopoieticas? Para responder a este questionamento e oferecer diretrizes que possibilitem a cada equipe multidisciplinar oferecer a melhor terapêutica nutricional a cada paciente foi criado o projeto “Consenso Brasileiro de Nutrição em TCTH”, uma iniciativa que contou com o apoio da SBTMO, e a participação de 25 centros de todo o Brasil e 92 participantes, entre hematologistas, nutrólogos e nutricionistas, que compartilharam suas experiências. 

De acordo com Andrea Z. Pereira, uma as autoras do estudo, embora ainda pouco explorado em estudos, o campo da nutrição em TCTH, assim como outros segmentos multidisciplinares envolvidos no procedimento, merece ser mais bem compreendido por meio de diretrizes que possam balizar as boas práticas de todos os envolvidos nos processos pré, durante e pós TCTH – o que contempla, inclusive, os cuidados paliativos para promover qualidade no manejo da terminalidade da vida de cada paciente.  “A terapia nutricional, em linhas gerais, tem como objetivo manter ou melhorar o estado nutricional, e fornecer substrato de forma adequada para recuperação hematopoiética e do sistema imune”, esclarece a pesquisadora. 

Ela explica que como primeira parte do Projeto Consenso em Nutrição, foram geradas as indicações voltadas aos idosos. Estas, por sua vez, deram origem ao “Consenso Brasileiro de Nutrição em Transplante de Células-Tronco Hematopoiéticas: Idosos”.

 

A população idosa é a que mais cresce no Brasil e no Mundo. A expectativa é de que a partir de 2030 nosso país seja a sexta nação com maior número de pessoas acima dos 65 anos de idade. O que isso significa para o contexto do TCTH?

Até duas décadas atrás, o limite de idade restringia sua aplicação, sendo, geralmente, de 65 anos para transplante autólogo e 55 anos para transplante alogênico. Agora, graças aos avanços tecnológicos, com menor toxicidade e menor risco de mortalidade, tornou-se possível realizar o procedimento além deste parâmetro etário, o que é extremamente significativo, visto que grande parte das doenças hematológicas e oncohematógicas acometem os idosos (principalmente entre os 60 e 70 anos), como leucemias mieloides agudas (LMA), síndromes mielodisplásicas (SMD), mieloma múltiplo e linfoma não Hodgkin.  

Conforme descrito no Consenso, segundo “dados do Center for International Blood and Marrow Transplant Research (CIBMTR), nos últimos anos houve significativo aumento do número de idosos submetidos tanto ao TCTH autólogo quanto ao alogênico. Enquanto de 1994 a 1995 menos de 1% dos pacientes submetidos ao TCTH autólogo tinham idade maior ou igual a 70 anos, entre 2004 e 2005 estes já representavam 5% do total.(10,11) Neste mesmo período, para pacientes com idades de 60 a 69 anos, a percentagem de TCTH autólogo aumentou de 6% para 25% do total. Em relação ao TCTH alogênico, entre 1994 e 2005, o número de pacientes com idade igual ou superior a 60 anos submetidos ao procedimento aumentou 13 vezes”. 

Ainda segundo o Consenso, o TCTH pode levar à cura ou à remissão prolongada em várias doenças malignas ou não malignas. 

Além do recorte ao idoso, haverá ainda mais três consensos: adulto, doença do enxerto contra o hospedeiro (DECH) e pediatria. De acordo com Andreia, já há o aceite de publicação para a parte “adulto”, e as demais partes de “pediatria” e “DECH” já foram submetidas para publicação

Os resultados de cada uma das partes do Projeto se baseiam nas mais recentes evidências e estudos científicos, com a finalidade de auxiliar e atualizar os centros transplantadores de todo o país. 

“Esperamos que cada um destes quatro Consensos seja muito útil para todos os serviços e incentive pessoas a pesquisarem e realizarem mais estudos sobre esse tópico tão essencial que é a Nutrição no paciente de TCTH”, finaliza Andrea. 

Referência

 GONCALVES, Sandra Elisa Adami Batista et al . Consenso Brasileiro de Nutrição em Transplante de Células-Tronco Hematopoiéticas: Idosos. Einstein (São Paulo),  São Paulo ,  v. 17, n. 2,  eAE4340,    2019 .   Available from http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-45082019000200901&lng=en&nrm=iso . access on  23  Aug.  2019.  Epub May 20, 2019.  http://dx.doi.org/10.31744/einstein_journal/2019ae4340

 


Leia também


III Reunião Regiona

COSTEM 2019

9th Translational Re

II Encontro de Oncol


QUERO RECEBER NOVIDADES



SBTMO 2019 - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Purpose Agency