Notícia


Com 24 centros participantes, dados dos TCTHs brasileiros integram o Relatório do CIBMTR 2019

Atualizado em: 05/02/2020


Confira o material publicado e saiba como enviar dados do seu serviço e fazer parte do registro internacional que integra dados de todo o mundo

 O novo relatório do Center for International Blood and Marrow Transplant Research (CIBMTR) acaba de ser publicado e já pode ser acessado online (clique aqui). O material apresenta um balanço das ações e indicadores gerados com base nos dados coletados junto aos serviços de transplante de células tronco-hematopoieticas (TCTH) e de terapia celular de todo o mundo.  (acesse aqui o relatório e confira quais centros já aderiram nas páginas 70 e 71).  

O Brasil é um dos países que integra o registro gerado pelo CIBMTR. Dos 24 centros participantes, 17 serviços enviaram dados ao CIBMTR em 2019 e 7 já estão afiliados e iniciarão o envio de dados nesse ano e nos próximos.

O Relatório contempla as informações de pacientes que foram submetidos a transplantes nas modalidades doador não relacionado alogênico, doador relacionado alogênico e autólogo. Os referidos serviços encaminharam dados em dois níveis: o chamado “nível TED”, que captura dados básicos, e o nível “CRF”, que captura mais detalhes.

A adesão de serviços brasileiros ao CIBMTR tem aumentado, sobretudo, no último ano, após a instituição da parceria entre a Sociedade Brasileira de Transplante de Medula Óssea (SBTMO) e o CIBMTR. Essa aproximação tem como propósito desenvolver um Registro Brasileiro de Transplantes de Medula Óssea, que poderá inclusive gerar dados para o Sistema Nacional de Transplante, possibilitando o acesso a um panorama do TCTH nacional.

O relatório cita ainda como uma das ações empreendidas em 2019 pelo CIBMTR em parceria com a SBTMO, o IV Encontro de Gerentes de Dados, realizado durante o Congresso Brasileiro da SBTMO de 2019, bem como o treinamento dado aos gerentes de dados brasileiros na ocasião. 

Além do Brasil, participam do CIBMTR mais de 380 centros de TCTH que juntos fornecem dados de mais de 540 mil pacientes, sendo estimado o ingresso de pelo menos 25 mil novos pacientes por ano.

Atualmente, a SBTMO, por meio do seu novo Grupo de Trabalho de Gerentes de Dados (GTGD), tem procurado contribuir com todos os serviços de TCTH do Brasil, para que possam integrar essa iniciativa, que poderá além de fortalecer a prática clínica, também contribuirá com a produção científica de nosso país. Essa iniciativa contribuirá inclusive com os processos para obtenção da acreditação FACT.

Caso seu serviço ainda não tenha aderido à iniciativa, converse conosco! A SBTMO, por meio do seu GTGD, pode auxiliar você na geração de dados! Sua participação é de extrema importância para que consigamos compreender melhor o cenário nacional de nossas práticas enquanto serviços de TCTH. Mande mensagem para nós via contato@sbtmo.org.br e gdbrasil@sbtmo.org.br. 

 



QUERO RECEBER NOVIDADES



SBTMO 2019 - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Purpose Agency