Notícia


CAR-T Cell: Equipe do CTC-FMRP-USP usa pela 1ª vez tecnologia em paciente

Atualizado em: 14/10/2019


Mais uma importante conquista no campo da terapia celular. Por meio da promissora tecnologia, a qual chamamos de “CAR-T Cell”, pesquisadores do Centro de Terapia Celular do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP Ribeirão Preto (CTC – HCFMRP- USP ) conseguiram modificar a realidade de um paciente, o mineiro Vamberto Luiz de Castro, de 62 anos, diagnosticado com linfoma não-Hodking.⠀⠀

⠀⠀⠀⠀⠀⠀
A equipe, coordenada pelo pesquisador associado do CTC e coordenador do serviço de TMO do HC-FMRP-USP, Renato Cunha, que também é membro da SBTMO, foi a responsável por realizar o procedimento que teve esse desfecho positivo e ganhou espaço nos grandes jornais, como a  da Folha de S. Paulo - "Pela 1ª vez no Brasil, paciente usa terapia que "ensina" células a atacar câncer".   

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Após ser submetido a radioterapia, quimioterapia e imunoterapia sem sucesso, os parentes de Vamberto buscaram soluções até que chegaram ao nome de Renato Cunha, pesquisador que é reconhecido por seus estudos em CAR-T Cell como opção de tratamento.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Em entrevista à jornalista da  Agência Fapesp, Karina Toledo, Cunha esclareceu que "a expectativa de sobrevida desse paciente era menor que um ano. Para casos como esse, no Brasil, normalmente restam apenas os cuidados paliativos. Contudo, menos de um mês após a infusão das células CAR-T observamos melhora clínica evidente e até conseguimos eliminar os remédios para dor”, contou ele. Acesse a matéria completa 

 



QUERO RECEBER NOVIDADES



SBTMO 2019 - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Purpose Agency